ImplantNewsPerio 2017 | V2N6 | Páginas: 1050-9

Análise química laboratorial da superfície de implantes após contato com pinça de titânio através do eds – estudo-piloto

Chemical analysis (EDS) of dental implant surface after contact with titanium tweezers – a pilot study

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

José Rodrigo Mega Rocha1
Sandra de Cássia Santana Sardinha2
Mariana Machado Mendes de Carvalho3
Nilmara Dias Santos4
Sergio Wendell Silva Souza5

1Professor de Cirurgia do Depto. de Clínica Odontológica – Faculdade de Odontologia da UFBA; Especialista em Implantodontia – Neoba.
2Professora de Cirurgia do Depto. de Clínica Odontológica – Faculdade de Odontologia da UFBA.
3Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial – Osid/UFBA.
4Interna do Serviço de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial – Osid/UFBA.
5Professor do curso de especialização em Implantodontia – Neoba.

Resumo:

Objetivo: analisar a composição química da superfície de três implantes antes e depois de manter contato com pinça de titânio, e verificar se níveis importantes de elementos químicos contaminantes foram adsorvidos aos implantes. Material e métodos: através de MEV (microscópio eletrônico de varredura) e EDS (espectrometria de energia dispersiva), as superfícies dos implantes foram caracterizadas quimicamente antes e após o contato com pinça de titânio utilizada rotineiramente em uma clínica odontológica. Resultados: houve presença de titânio com 99,51% de média nas superfícies antes do contato com pinça de titânio, e 99,43% de média de titânio após o contato com pinça de titânio. Elementos como ferro, silício, cloro e alumínio foram encontrados em concentrações menores do que 0,55%, tanto antes quanto depois da manipulação com a pinça. Conclusão: não houve contaminação química detectável pela metodologia empregada neste estudo da superfície dos implantes após o contato com a pinça de titânio, porém, uma amostra mais signifi cativa e o emprego de critérios que possam defi nir com mais precisão as áreas de análise parecem ser necessários para resultados ainda mais consistentes.

Unitermos:

Implante; Superfície; Contaminação; Titânio.

Abstract:

Objective: to analyze the chemical composition surface of three implants before and after titanium tweezers contact and check whether important levels of contaminants chemical elements were adsorbed to the implants. Material and methods: through SEM (scanning electron microscope) and EDS (energy dispersive spectroscopy) the implants surfaces were characterized chemically before and after contact with titanium tweezers frequently used in dental clinic. Results: the surfaces before contact with the titanium tweezers showed the presence of titanium 99.51% average and 99.43% average of titanium after contact with the titanium clamp. Elements such as iron, silicon, chlorine and aluminum have been found in lower concentrations than 0.55%, both before and after handling with forceps. Conclusion: therefore, no chemical contamination was detected by the method used in this study of the implant surface after contact with titanium tweezers, however, a more signifi cant sample and the use of criteria that can defi ne more precisely the areas of analysis, appear to be required for further consistent results.

Key words:

Implant; Surface; Contamination; Titanium.
  • Imprimir
  • Indique a um amigo