ImplantNewsPerio 2018 | V3N4 | Páginas: 700-9

Análise microscópica qualitativa de tratamentos de superfície de oito sistemas de implantes dentários: jateados versus não jateados

Qualitative microscopic analysis of eight different dental implant systems: blasted vs non-blasted surfaces

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Nilton Penha1
Marcel Ferreira Kunrath2

1Cirurgião-dentista e especialista em Implantodontia – Faculdade de Odontologia da Uerj; Mestre em Clínica Odontológica – Faculdade de Odontologia da UFF.
2Cirurgião-dentista e especialista em Implantodontia – Faculdade de Odontologia da PUC/RS; Mestre em Engenharia de Biomateriais – Faculdade de Engenharia e Tecnologia de Materiais da PUC/RS.

Resumo:

Objetivo: avaliar a superfície de diferentes sistemas de implantes por meio de análises físico-químicas em relação aos elementos químicos presentes, comparando com a normatização F67 ASTM. Material e métodos: foram utilizados 16 implantes de oito sistemas diferentes, sendo dois implantes de cada sistema, os quais foram preparados para a análise de MEV (microscopia eletrônica de varredura) e EDS (espectroscopia por energia dispersiva). Foram apresentadas as imagens e análises qualitativas apenas para elementos químicos positivos nas duas amostras de uma mesma marca. Resultados: as análises de EDS mostraram picos de alumínio em dez dos 16 implantes, enquanto a análise por MEV mostrou o imbricamento de grãos de alumínio nessas mesmas amostras. Conclusão: as limitações deste trabalho não permitem dizer em que fase da confecção dos implantes o elemento químico alumínio se tornou aderido, tampouco se as concentrações ainda não vistas aqui seriam nocivas ao organismo. Amostras maiores precisam ser periodicamente investigadas.

Unitermos:

Implantes dentários; Tratamento de superfície; Alumínio; Jateamento; Pureza.

Abstract:

Objective: to evaluate the surface of different implant systems by physico-chemical analysis in relation to the chemical elements present in comparison with the International Standards Worldwide Organization (ASTM) F67 standardization. Materials and methods: sixteen implants of 8 different brands were used, which were prepared for SEM (scanning electron  microscopy) and EDS analyses (dispersive energy spectroscopy). Images and qualitative analyses were presented only for positive chemical elements in the two samples of the same manufacturer. Results: EDS analysis showed aluminum peaks in 10 of the 16 implants, while SEM analysis showed the inclusion of aluminum grains in these same samples. Conclusion: due to the inherent limitations of this investigation, it was not possible to conclude at which step of implant development the chemical element aluminum became adhered to the samples or whether their concentractions presented here are harmful to the organism. Larger samples still need to be investigated.

Key words:

Implants; Surfaces; Aluminium; Blasting; Purity.
  • Imprimir
  • Indique a um amigo