ImplantNewsPerio 2018 | V3N6 | Páginas: 1049-55

Tratamento de tumor odontogênico adenomatoide de mandíbula utilizando enxerto de biomateriais associado a derivados plaquetários

Treament of mandibular adenomatoid odontogenic tumor with biomaterials associated to platelet concentrates

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Nathalia Benevides de Moraes1
Luis Eduardo Benevides de Moraes2
Eduardo José de Moraes3

1Especialista em Prótese Dental – UVA; Especialista em Implantodontia – Unifeso; Mestre em Clínicas Odontológicas – UFF/IDM-RJ.
2Especialista OCM em Cirurgia, Traumatologia Bucomaxilofacial e Implantodontia – Unifeso/IDM-RJ.
3Especialista em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial – Unigranrio; Mestre em Implantodontia – Unicastelo/IDM-RJ.

Resumo:

O tumor odontogênico adenomatoide é uma lesão odontogênica benigna de origem epitelial. Representa aproximadamente de 2% a 7% de todos os tumores odontogênicos. O objetivo deste trabalho foi relatar o caso de um paciente do sexo masculino, com 13 anos de idade, leucoderma e apresentando aumento de volume assintomático na região de primeiro pré-molar inferior direito, que se encontrava ausente. A enucleação cirúrgica foi realizada com reconstrução óssea da loja remanescente, sendo utilizado enxerto de biomaterial associado a derivado plaquetário (PRP). Após um período de oito anos, foi instalado um implante osseointegrado submetido à carga imediata, sendo acompanhado por um período de cinco anos. Atualmente, após 13 anos de acompanhamento, não há sinais clínicos ou evidências de recidiva da lesão

Palavras-chave:

Tumor odontogênico adenomatoide; Enxertos ósseos; Derivados plaquetários.

Abstract:

The adenomatoid odontogenic tumor is a benign odontogenic lesion of epithelial origin. It represents 2% to 7% of all odontogenic tumors. The aim of this article was to report a case of 13 years-old Caucasian male with an assymptomatic volume in the lower right premolar area. Surgical enucleation was performed with bone reconstruction using a biomaterial associated to PRP. Eight years later, an osseointegrated implant was placed under immediate loading and followed-up by 5 years. After 13 years of follow-up, no clinical signs of recurrence were observed.

Key words:

Adenomatoid odontogenic tumour; Bone grafts; Platelet derived factors.
  • Imprimir
  • Indique a um amigo