ImplantNewsPerio 2018 | V3N6 | Páginas: 1057-72

Elevação de assoalho de seio maxilar minimamente invasiva

Minimally invasive maxillary sinus floor elevation

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Fernando Hayashi1
Paloma Nacache Valenzuela2
Marco Eijiro Wakasa3
Gustavo Carlos Gordiano3
Thiago Haruo Ferraz3
Fabiano Ribeiro Cirano4
Kang Min Kwon5
Bárbara Martins Yamamoto6

1Professor titular de Implantodontia – Founip; Mestre e doutor em Periodontia – Fousp.
2Especialista em Implantodontia – Founip.
3Professores do curso de Imersão em Técnicas Avançadas – Grupo Acro; Especialistas em Implantodontia – Founip.
4Professor titular de Implantodontia – Founip; Mestre e doutor em Periodontia – Fousp.
5Professor do curso de Imersão em Técnicas Avançadas – Grupo Acro.
6Especialista em Implantodontia – Founip.

Resumo:

A elevação do assoalho de seio maxilar é um procedimento bastante utilizado no tratamento de pacientes com necessidade de instalação de implantes na região posterior da maxila. Basicamente, existem dois tipos de acessos que possibilitam tal procedimento: o acesso lateral e o via crista óssea. Tradicionalmente, a elevação via janela lateral é utilizada quando é necessário criar bastante altura, e a via crista (menos invasivo) possui menores ganhos, sendo indicada para os casos em que sejam necessários ganhos modestos, o que acaba limitando sua utilização. Nos últimos anos, entretanto, técnicas de acesso via crista têm sido aprimoradas obtendo-se maiores ganhos, compatíveis com o acesso lateral, trazendo o benefício de uma menor invasividade cirúrgica. O objetivo deste trabalho foi apresentar e discutir uma técnica que utiliza um sistema de elevação de assoalho de seio maxilar rotatório via crista. Um caso clínico foi apresentado para demonstrar a técnica.

Palavras-chave:

Elevação de seio; Acesso via crista; Implante dental; Cirurgia minimamente invasiva; Enxerto de seio via crista.

Abstract:

The maxillary sinus floor elevation is a widely used procedure in the treatment of patients needing implants in the posterior region of the maxilla. Basically there are two types of access that allow such a procedure, the lateral access and the crestal approach. Traditionally, sinus floor elevation through the lateral window is used when it is necessary to create great amount of bone augmentation and the crestal approach, less invasive, has smaller gains and is indicated for the cases where modest gains are necessary, which ends up limiting its use. In recent years, however, crestal approach techniques have been improved by obtaining greater gains compatible to the lateral access with the benefit of less surgical invasiveness. The objective of this work is to present and discuss a technique that uses a crestal rotational maxillary sinus floor elevation system. A clinical case is presented to demonstrate the technique.

Key words:

Sinus elevation; Crestal access; Dental implant; Minimally invasive surgery; Crestal sinus graft.
  • Imprimir
  • Indique a um amigo