ImplantNewsPerio 2019 | V4N3 | Páginas: 465 - 475

Resolução de caso complexo de peri-implantite em região posterior de mandíbula envolvendo aumento ósseo vertical com tela de titânio e implante curto

Complex case resolution of peri-implantitis in posterior region of mandible involving vertical bone augmentation using titanium mesh and short implant: clinical case report

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Eduardo Claudio Lopes de Chaves e Mello Dias1

Débora Sara Alves Barcelos Martins2

Khalila Chequer Cotrim3

Daniele de Aguiar Castro Ávila Nascimento4

Fabiano Capato de Brito5

1Doutor em Implantodontia e coordenador adjunto do curso de mestrado em Implantodontia – São Leopoldo Mandic; Especialista e mestre em Implantodontia – Unigranrio.

2Graduada em Odontologia – Faesa; Aluna do curso de especialização em Implantodontia – São Leopoldo Mandic.

3Especialista em Implantodontia e professora do curso de especialização em Implantodontia – São Leopoldo Mandic; Mestra em Implantodontia – UNG.

4Mestra em Implantodontia – São Leopoldo Mandic; Especialista em Implantodontia – Inove; Especialista em Prótese Dentária – ABO/PI.

5Doutor em Farmacologia – USP; Mestre e especialista em Implantodontia, e coordenador do curso de mestrado em Implantodontia – São Leopoldo Mandic.

Resumo:

Este trabalho descreve um caso clínico de implantes com diagnóstico de peri-implantite em região posterior de mandíbula. Após sua remoção, foi necessária a realização de regeneração óssea guiada usando a técnica de tela de titânio para ganho vertical e posterior instalação de implantes curtos. O uso das estruturas não absorvíveis, como as telas de titânio, possibilita melhores resultados em grandes reconstruções ósseas. O paciente foi tratado em duas etapas. Na primeira etapa foi realizada a remoção dos implantes contaminados e o aumento ósseo vertical com técnica da tenda, com instalação concomitante de um implante curto. Na segunda etapa, após seis meses, foi realizada a reabertura da região e instalação de mais dois implantes curtos. O uso de implantes curtos pode evitar reconstruções maiores, sendo desta forma extremamente vantajoso em casos como este descrito no trabalho.

Palavras-chave:

Aumento ósseo; Tela de titânio; Implante curto.

Abstract:

This paper describes a clinical case of implants with a diagnosis of peri-implantitis in the posterior region of the mandible. After its removal, it was necessary to perform a guided bone regeneration using the titanium mesh technique for vertical augmentation and subsequent installation of short implants. The use of non-absorbable structures such as titanium mesh leads to better results in large bone reconstructions. The patient was treated in two stages. In the first stage, the removal of contaminated implants and vertical bone augmentation with the tent technique were performed, with the simultaneous installation of a short implant. In the second stage, after six months, the region was reopened, and two more short implants were installed. The use of short implants can avoid larger reconstructions and is therefore extremely advantageous in cases such as this described in the paper.

Key words:

Bone augmentation; Titanium mesh; short implant.
  • Imprimir
  • Indique a um amigo