ImplantNewsPerio 2019 | V4N3 | Páginas: 570 - 575

Uso das células-tronco na Periodontia e Implantodontia

The use of stem cells in Periodontics and Implant Dentistry

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Érika de Oliveira Pereira1

Júlia Álvares Martins1

Marcela Álvares Martins1

Fabiano Araújo Cunha2

Maria Aparecida Gonçalves de Melo Cunha3

Maurício Augusto Aquino de Castro4

1Alunas do curso de graduação em Odontologia – Faculdade de Odontologia Newton Paiva.

2Professor adjunto da disciplina de Periodontia – Faculdade de Odontologia UFMG.

3Professora adjunta de Saúde Coletiva – Faculdade de Odontologia Newton Paiva.

4Professor adjunto da disciplina de Radiologia – Faculdade de Odontologia UFJF.

Resumo:

O objetivo do presente trabalho foi descrever a importância e aplicabilidade clínica das células-tronco dentárias, na área de Periodontia e Implantodontia. Para tal, realizou-se uma revisão crítica da literatura nos bancos de dados BVS Odontologia, PubMed e Scielo, com ênfase nos últimos dez anos. Na área de Periodontia, as células que devem repovoar um defeito periodontal precisam permitir a diferenciação em múltiplos fenótipos (células do ligamento periodontal, osteoblastos, fibroblastos, dentre outros). A possível utilização das células-tronco, sejam elas obtidas do próprio ligamento ou de outras fontes (medula óssea, por exemplo), pode ser determinante para o periodonto trabalhar em sua capacidade regenerativa máxima e atingir a reconstrução completa dos tecidos perdidos. Estudos clínicos em animais demonstram resultados promissores, especialmente nas áreas de Periodontia e Implantodontia. Dessa forma, os próximos passos serão estudos em humanos avaliando a eficácia, segurança e aplicabilidade clínica da terapêutica com o uso de células-tronco. Mesmo com tantos fatores positivos, não se pode esquecer que ainda há desafios, como as teratogenias, que podem se desenvolver durante o processo regenerativo. Além disso, existem questões éticas que podem limitar o desenvolvimento de pesquisas nesta área. Sendo assim, ainda são necessários mais estudos sobre os isolamentos das células-tronco, os mecanismos moleculares de diferenciação e crescimento celular, e a quebra de barreiras legais para que essas pesquisas avancem cada vez mais.

Palavras-chave:

Células-tronco; Odontologia; Engenharia tecidual; Periodontia; Implantodontia.

Abstract:

The aim of the present study was to describe the importance and clinical applicability of dental stem cells in the area of periodontics and implantology. A critical review of the literature was carried out in the VHL Dentistry, PubMed and Scielo databases, with emphasis on the last 10 years. In the area of Periodontics, cells that must repopulate a periodontal defect need to allow differentiation into multiple phenotypes (cells of the periodontal ligament, osteoblasts, fibroblasts, among others). The possible use of stem cells obtained from the ligament itself or from other sources (bone marrow, for example) may be determinant for the periodontium to work at its maximum regenerative capacity and to achieve complete reconstruction of previously lost tissues. Clinical studies in animals demonstrate promising results, especially in the areas of periodontics and implantology. Thus the next steps will be human studies, evaluating the efficacy, safety and clinical applicability of stem cell therapy. Even with so many positive factors it can not be forgotten that there are still challenges such as teratogenies, which can develop during the regenerative process. In addition, there are ethical issues that may limit the development of research in this area. Therefore, further studies on stem cell isolation, the molecular mechanisms of cell differentiation and growth, and the breaking down of legal barriers are needed to further advance this research.

Key words:

Stem cells; Dentistry; Tissue engineering; Periodontics; Implant Dentistry.
  • Imprimir
  • Indique a um amigo