Publicado em: 16/09/2016 às 17h11

Nobel Biocare em movimento

Empresa suíça apresentou as novidades durante seu tradicional evento, em Nova York.

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

No último mês de julho, o luxuoso hotel Waldorf Astoria, no coração de Nova York (Estados Unidos), foi palco do Nobel Biocare Global Symposium 2016 – evento tradicional da Nobel Biocare para apresentação de lançamentos.

Com cerca de 2 mil participantes de 58 países, o encontro também contou com uma programação científica composta por mais de 150 palestrantes, entre profissionais e educadores do mundo inteiro.

Os temas discutidos nos quatro dias de evento foram: “Melhora e refinamento do tratamento – a evidência conta”, “Atingindo a excelência estética pela jornada no mundo digital” e “Atingindo a excelência clínica em situações desafiadoras”.

Pela primeira vez, os palestrantes puderam escolher o conteúdo da grade, sendo que os mais votados foram duas sessões de casos clínicos contendo gerenciamento do tecido mole e protocolos de carga imediata, e uma palestra sobre os verdadeiros benefícios da Odontologia digital. A mídia especializada pôde conferir como funciona a unidade de produção, localizada em Mahwah, Nova Jersey.

Durante o simpósio, também foi divulgado o resumo da 2a Conferência de Consenso FOR (Foundation for Oral Rehabilitation) – entidade ligada à Nobel Biocare –, concebido pelo Prof. Daniel van Steenberghe, que teve como tema a reabilitação implantoprotética das perdas unitárias. Este consenso foi produzido por 11 especialistas no assunto, ao longo de dois dias de reunião, na Universidade de Mainz, na Alemanha.Segundo o novo presidente da Nobel Biocare, Hans Geiselhöringer, os congressistas foram os primeiros a ver produtos e soluções inovadoras que levarão os tratamentos a um novo nível. Dentre os lançamentos, estão os conceitos On1 para abutments, o novo attachment para overdentures e o software Nobel Design CAD/CAM.

A seguir, destacamos os principais trechos deste simpósio, bem como do consenso:

• A taxa de sobrevivência é superior para implantes unitários, comparados às próteses fixas de três elementos, especialmente na região posterior (93,4% a 96,7% contra 75,3% a 85,6%), com o custo de manutenção da prótese fixa sendo maior ao longo do tempo.

• Na condição unitária, implantes com superfície moderadamente rugosa fornecem taxa de sucesso maior na maxila (98,5%) e mandíbula (97,2%), comparados a implantes de superfície usinada.

• As cirurgias sem retalho, com implantes na zona anterior e coroa provisória imediata fora de contato oclusal, fornecem 98,25% de sobrevivência. O mesmo pode ser dito com cirurgia totalmente guiada pela imagem, pois, mesmo mais onerosa, economiza tempo e traz melhor resultado no tecido mole.

• Dois artigos com mais de mil implantes mostraram que a taxa de sobrevivência em molares unitários é melhor com carregamento tardio (98,3%).

• Para laterais com ausência congênita, o diagnóstico precoce permite a extração planejada do incisivo lateral decíduo e a erupção guiada do canino na posição adjacente ao segundo incisivo central. Se houver discrepância estética, outros procedimentos restauradores devem ser feitos. Entretanto, nem todos os pacientes são candidatos ao fechamento do espaço, como aqueles com discrepâncias sagitais esqueléticas.

• A tomografia computadorizada feixe cônico não deve ser a primeira imagem de escolha para novos pacientes, pois radiografias intraorais podem mostrar condições que eliminariam o uso dos implantes como primeira opção. Entretanto, uma região onde a imagem por TC é obrigatória seria a mandibular posterior, em função do trajeto do nervo alveolar.

• Recomenda-se que uma radiografia padronizada (paralelismo) seja realizada no momento da colocação da prótese e um ano depois. Caso a perda óssea seja menor do que 1 mm, uma nova radiografia seria feita somente cinco anos depois. Entretanto, uma radiografia pode ser feita em qualquer momento, no caso de problemas.

O consenso completo pode ser lido no European Journal of Oral Implantology (2016, volume 9, suplemento 1).

  • Imprimir
  • Indique a um amigo