Publicado em: 25/10/2016 às 15h16

Comparação das alterações do perfil em pacientes classe III tratados com prescrição Roth e biofuncional

Conheça um dos trabalho que se destacou no Prêmio Jovem Pesquisador, promovido pela SPO, durante o Orto 2016.

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Déric Meschiari Batista - Mestrando em Ortodontia – Faculdade Ingá.

Romeu Cassiano Pucci da Silva Ramos - Mestre em Ortodontia – Faculdade Ingá.

Karina Maria Salvatore de Freitas - Coordenadora do curso de mestrado em Ortodontia – Faculdade Ingá.

Rodrigo Hermont Cançado - Professor do curso de mestrado em Ortodontia – Faculdade Ingá.

Fabrício Pinelli Valarelli - Professor do curso de mestrado em Ortodontia – Faculdade Ingá.

 

O objetivo deste trabalho foi comparar as alterações cefalométricas no perfil tegumentar em pacientes com má-oclusão de classe III, tratados com as prescrições biofuncional e Roth. A amostra foi constituída de 64 pacientes de ambos os sexos, 30 no grupo biofuncional com idade média de 20,39 anos e 34 no grupo Roth com idade média de 18,65 anos. Foram analisadas as telerradiografias em norma lateral inicial (T1) e final (T2), e comparados os valores ganhos com cada prescrição nas seguintes medidas cefalométricas: Li-E (mm); Ls-E (mm); convexidade facial (º); ângulo nasolabial; Ls-S (mm); e Li-S (mm). O teste estatístico utilizado foi o teste t de Student independente. Os resultados demonstraram que ambas as prescrições produzem alterações semelhantes no perfil, pois não houve diferenças significantes entre as alterações.

 

  • Imprimir
  • Indique a um amigo