Publicado em: 22/05/2018 às 16h56

Abross 2018 amplia o foco na aplicação clínica

Mestres de diversas partes do mundo trarão aos implantodontistas brasileiros diversidade de informações sobre novas tecnologias e as mais recentes práticas clínicas.

  • Imprimir
  • Indique a um amigo
Evento terá oito cursos de imersão e três módulos temáticos. (Foto: Jaime Oide)

 

Por Flavius Deliberalli  

 

Sob o tema “Implantodontia digital: produtividade e conforto para todos”, o Abross 2018 – XIII Encontro Internacional da Academia Brasileira de Osseointegração acontecerá de 4 a 6 de outubro, no Palácio das Convenções do Anhembi, em São Paulo.

 Com uma proposta abrangente, composta por oito cursos de imersão e três módulos temáticos, a programação científica do Abross 2018 colocará os congressistas em contato com um grande conjunto de informações de alto valor clínico e científico, que estão definindo os novos rumos da Implantodontia e da Osseointegração.

Outro ponto alto da programação são as atividades no formato Corporate Session, em que consultores de 15 empresas do setor apresentarão e discutirão tecnologias, produtos e sua aplicabilidade.

De acordo com Jamil Shibli, presidente da comissão científica do Abross 2018, a programação foi planejada para ser uma ferramenta de aprimoramento clínico para implantodontistas e especialistas de áreas relacionadas. “Para esta edição do encontro, conseguimos reunir mestres de atuação singular em diversos campos da Implantodontia. Os congressistas terão acesso a uma grande diversidade de informações relevantes para aplicação imediata”, analisa. 

 

IMERSÃO EM CONHECIMENTO

Mestres de reconhecimento internacional no contexto da reabilitação oral com implantes têm presença confirmada no Abross 2018. Eles compartilharão seus conhecimentos com os congressistas através de abordagens bastante detalhadas. O italiano Mauro Fradeani discutirá os conceitos atuais de oclusão, apresentando, do início ao fim, as mais complexas situações clínicas. Joseph Kan virá dos Estados Unidos para tratar de técnicas regenerativas para a reabilitação do setor anterior, com foco na obtenção da estética rosa. Outro norte-americano, o professor Markus Blatz, fará um apanhado conceitual e prático dos conceitos CAD/CAM, do uso da zircônia e da preservação dos casos clínicos. Por sua vez, o sul-africano Howard Gluckman demonstrará sua experiência nos aumentos verticais e horizontais, e também na técnica socket shield.  

O professor Sérgio Jayme vai falar sobre o planejamento e soluções em casos complexos com foco em estética e função. Na sessão, serão apresentados exemplos de casos simples e complexos, desde o planejamento até a reabilitação protética, passando pelas reconstruções ósseas de variados graus de complexidade.

As reconstruções alveolares minimamente invasivas, assim como os fatores de risco e a árvore de decisões (protocolo ImplantePerio), vão nortear a abordagem de Julio C. Joly.

Diego Klee de Vasconcellos fará uma explanação sobre os desafios estéticos com implantes, destacando técnicas e tecnologias para a obtenção de resultados previsíveis.

Já a dupla formada por Marcelo Calamita e José Carlos Garófalo fará uma abordagem sobre integração pragmática de princípios restauradores e protéticos contemporâneos, com foco além da estética. O curso terá como objetivo esclarecer quais aspectos fundamentais da prótese clássica e da Odontologia restauradora moderna precisam ser considerados desde o momento do planejamento até o ajuste final dos trabalhos.

 

VISÕES DIFERENTES PARA TEMAS COMPLEXOS

Um time de grandes professores foi formado para debater temas atuais de forma dinâmica, em três módulos temáticos. O primeiro deles reunirá nomes como Adriana Marcantonio, Giuseppe Romito, Arthur Belém Novaes Jr. e Gil Alcoforado (Portugal). Com a coordenação de Vicente Souza Pinto, eles discutirão as principais questões que envolvem a manutenção ou extração de dentes para a colocação de implantes.

Cada dia mais presente no dia a dia dos implantodontistas, a tecnologia digital será o foco do segundo módulo. Instrumentos, softwares, planejamento e o atual estado da arte da Odontologia Digital serão analisados por Diego Zimmermann e Mario Groisman, sob a coordenação de Fábio Bezerra.

Peri-implantite: remover ou tratar o implante? Essa pergunta será respondida por Marco A. Bianchini, Irfan Abas (Holanda) e Elcio Marcantonio Jr. Sob a orientação de Jamil Shibli, eles analisarão questões como as condições atuais de tipos de superfície de implante e a influência das condições anatômicas na tomada de decisão sobre o tratamento da peri-implantite ou na remoção dos implantes.

 

CIÊNCIA EM MOVIMENTO

Os painéis científicos digitais serão uma atração à parte durante o Abross 2018. Cerca de 120 trabalhos que englobam experimentos e novas possibilidades de tratamentos estarão em exposição ao longo dos três dias do encontro. As inscrições devem ser realizadas pelo site www.abross2018.com.br, até o dia 30 de julho.

Os três melhores trabalhos serão contemplados com premiação em dinheiro e, posteriormente, serão publicados em edições futuras da revista ImplantNewsPerio.

 

ESPAÇO EXCLUSIVO PARA TECNOLOGIA E NOVOS PRODUTOS

O encontro será complementado pela ExpoAbross 2018. Uma grande oportunidade para os congressistas conhecerem as principais novidades em produtos, serviços e tecnologia de ponta para equipar a clínica ou consultório em condições especiais. Mais de 50 grandes empresas do mercado odontológico têm participação garantida na exposição promocional.   

 

Mais informações e inscrições: www.abross2018.com.br, eventos@vmcom.com.br, (11) 2168-3400 e (11) 97113-2561.
  • Imprimir
  • Indique a um amigo