Publicado em: 22/05/2018 às 17h41

Cicatrizadores personalizados para a RAPG

Guaracilei Maciel Vidigal Júnior mostra que o cicatrizador estabiliza mecanicamente o coágulo, cria as condições biológicas favoráveis à regeneração óssea e impede a perda em altura da margem gengival.

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

A reconstrução alveolar proteticamente guiada (RAPG) foi inicialmente desenvolvida para a regeneração de alvéolos, nos quais não era possível a instalação de implantes. Com os promissores resultados alcançados pela técnica, fomos desenvolvendo novas aplicações.

Uma das aplicações mais excitantes foi a da associação da RAPG com a técnica de instalação de implantes imediatamente após a exodontia, em rebordos com algum tipo de deficiência óssea1. Para isso, é sempre importante respeitar os pré-requisitos necessários para a aplicação da técnica2. A RAPG associada à instalação de implantes imediatamente após a exodontia apresenta, ao final do período de cicatrização, a cicatrização de um arcabouço mucoso com perfil emergente mais natural e, portanto, mais estético3. Além disso, adicionam-se as vantagens de não realização de incisões relaxantes, preservação da linha mucogengival e da profundidade do vestíbulo, menor morbidade (por não usar osso autógeno ou colher sangue para a confecção de concentrados do plasma) e menor custo, devido à não utilização de biomateriais, como enxerto e membranas.

O protocolo para a confecção do cicatrizador personalizado para RAPG segue os mesmos princípios descritos anteriormente4. Esse cicatrizador estabiliza mecanicamente o coágulo, cria as condições biológicas favoráveis à regeneração óssea5 (que passa a funcionar como arcabouço de indução osteogênica das células mesenquimais indiferenciadas, que inicialmente povoam a área) e impede a perda em altura da margem gengival. 
 

Figura 1 – Vista pré-operatória da região do 16.

 

Figura 2 – Visão do corte panorâmico mostrando acentuada perda óssea associada às raízes vestibulares e também fratura da raiz mesiovestibular.

 

Figura 3 – Corte parassagital, mostrando ausência de osso na vestibular.

 

Figura 4 – Modelo inicial do paciente, usado para preparação do cicatrizador personalizado para a técnica da RAPG.

 

Figura 5 – Após o preparo do modelo, com remoção do dente e preparo do nicho subgengival de 3 mm, para a confecção do cicatrizador personalizado para RAPG. O desgaste no centro foi feito numa área estimada de onde o pilar tipo UCLA emergiria do topo do implante.

 

Figura 6 – Preparo da concavidade de 1 mm, no milímetro subgengival intermediário.

 

Figura 7 – Observar a fratura longitudinal na raiz mesiovestibular.

 

Figura 8 – Após a exodontia, o implante de plataforma larga foi instalado, com torque de 50 Ncm, no alvéolo palatino.

 

Figura 9 – O pilar de titânio tipo UCLA foi conectado ao implante.

 

Figura 10 – Após desgastes para ajuste, o pilar foi conectado ao cicatrizador personalizado para RAPG usando resina flow.

 

Figura 11 – Vista oclusal do cicatrizador personalizado para RAPG após o período de osseointegração.

 

Figura 12 – Vista oclusal mostrando a manutenção do arcabouço mucoso, preservando as características (forma, volume e altura da margem) originais do dente extraído.

 

REFERÊNCIAS

1. Vidigal Jr. GM, Dantas LRF, Groisman M, Silva Jr. LCM. Instalação de implantes imediatamente após a exodontia em áreas estéticas. São Paulo: VM Cultural Editora, 2016, p.39. E-book www.inpn.com.br/pcp/Ebook/Livro?id=5.

2. Vidigal Jr. GM. Regeneração óssea sem enxerto e sem retalho. INPerio 2016;1(7):1432-3.

3. Vidigal Jr. GM. Reconstrução óssea e estética minimamente invasiva. INPerio 2016;1(8):1638-9.

4. Vidigal Jr. GM. Reconstrução alveolar proteticamente guiada: onde podemos chegar. INPerio 2017;2(6):994-5.

5. Vidigal Jr. GM. Reconstrução alveolar proteticamente guiada. INPerio 2017;2(1):166-7.

 

Guaracilei Maciel Vidigal Júnior

Especialista e mestre em Periodontia – UFRJ; Livre-docente em Periodontia e especialista em Implantodontia – UGF; Doutor em Engenharia de Materiais – Coppe/UFRJ; Pós-doutorando em Periodontia e professor adjunto – Uerj.

 

 

 

 

 

  • Imprimir
  • Indique a um amigo