Publicado em: 26/09/2018 às 14h26

Olsen: tempo de crescer

Comemorando 40 anos, a Olsen contabiliza muitas conquistas e dá um passo importante em direção à expansão no mercado internacional.

  • Imprimir
  • Indique a um amigo
Cesar Augusto Olsen, fundador e presidente da empresa. (Imagens: divulgação)

 

Uma pequena linha de produção dentro de uma garagem, que tinha como objetivo produzir automóveis, transformou-se em uma das maiores fabricantes de equipamentos médicos e odontológicos do Brasil. Foi assim, de maneira inusitada, que há 40 anos nascia a Olsen.

A atitude ousada e empreendedora foi de Cesar Augusto Olsen, na época, um jovem torneiro mecânico que acabava de se formar no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Ele sonhava em “construir” carros usando como ponto de partida a oficina de reparos nos fundos da casa de sua mãe, em Florianópolis (SC). Entre uma tentativa e outra, o empresário conseguiu alguns progressos, mas percebeu que o automóvel de seis rodas que planejava não ficaria arrojado o suficiente. A única alternativa foi partir para o plano B.

Com o conhecimento adquirido como técnico de consultórios odontológicos e uma pitada de atrevimento, Cesar Olsen comprou seu primeiro maquinário para iniciar a produção dos equipamentos e mudou a rota do seu negócio, fundando a Olsen em 4 de agosto de 1978.

Se há quatro décadas o futuro parecia incerto, hoje a empresa catarinense esbanja vitalidade. Na comemoração pelos seus 40 anos, anunciou a marca de mais de 100 mil unidades fabricadas. A garagem da casa deu lugar a uma fábrica de alta tecnologia, que ocupa uma área de 12 mil m2 no Distrito Industrial de Palhoça (SC), onde atualmente trabalham 180 pessoas.

Com orgulho de ser uma indústria de caráter familiar e genuinamente brasileira, a Olsen cresceu no universo odontológico, mas, na década de 1990, percebeu a possibilidade de ampliar o segmento de atuação e lançou sua linha médica, incluindo modelos de cadeiras para hemodiálise, ginecologia, oftalmologia, entre outras. Hoje, somando as duas categorias, a empresa coloca no mercado, em média, 350 equipamentos por mês.
 

ULTRAPASSANDO FRONTEIRAS

A Olsen opera em todo o território nacional através de uma estrutura de filiais próprias em São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Bahia, e também em parceria com revendas oficiais e na modalidade de comércio eletrônico.

As exportações começaram no biênio 1996/1998 e se ampliaram gradativamente, mediante a conquista de novos mercados e das certificações. Hoje, a empresa possui seus equipamentos espalhados em mais de 100 países de todos os continentes. Em um novo momento de expansão internacional, a catarinense projeta o início oficial das suas atividades em solo norte-americano a partir de 2019. “O Tio Sam que nos aguarde, vamos conquistar esse novo mercado que é o maior do planeta. Já mostramos potencial com a qualidade dos equipamentos e as inovações em design, ergonomia e todas as funcionalidades exigidas pelos profissionais de Saúde que utilizam conjuntos médicos e odontológicos da nossa marca”, comemora Cesar Olsen.

Há algum tempo a indústria catarinense idealiza um ambicioso projeto de entrada no mercado norte-americano, estabelecendo uma empresa nos Estados Unidos como ponto de partida. O negócio está legalmente constituído e tem previsão para início das atividades em 2019. Mas, as primeiras movimentações começaram em 2013, através da participação em um seminário promovido pela Brazilian-American Chamber of Commerce of Florida. Em 2017, a Olsen foi a única companhia brasileira a participar da exposição anual da Ausa – Association of United States Army, em Washington DC, capital dos Estados Unidos. Na ocasião, a catarinense mostrou o Odontoportátil, um equipamento odontológico desenvolvido para ser utilizado em condições extremas, chamando a atenção do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, que decidiu incluí-lo em sua plataforma de testes.
 

A Olsen sempre investiu na modernização do sistema de produção para melhorar a qualidade dos equipamentos e agilizar os processos. Hoje, os cerca de 180 funcionários conseguem entregar mais de 350 cadeiras por mês.

 

QUALIDADE ATESTADA

A busca pelas certificações tem sido uma das principais estratégias de qualificação de seu portifólio do segmento médico e odontológico. Além de representarem, em muitos casos, uma exigência para a comercialização de produtos em diversos países, os certificados funcionam como um aval de garantia para quem os adquire até em países e regiões onde eles não são exigidos.

No Brasil, a Olsen, como fabricante de produtos para Saúde, atende aos requisitos da RDC 16/13 de Boas Práticas de Fabricação e possui registros de seus equipamentos na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Junto ao Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), a companhia possui certificação de conformidade que garante a segurança de seus produtos eletromédicos, enquanto no processo de gestão da qualidade conta com as certificações das normas NBR ISO 9001 e ISO 13485.

No plano internacional, a empresa tem certificação da Comunidade Europeia (CE) e da Food and Drug Administration (FDA), agência federal dos Estados Unidos relacionada ao Departamento de Saúde e Serviços Humanos – uma das mais exigentes e respeitadas do mundo.

Além disso, a Olsen é a única companhia catarinense de capital brasileiro a catalogar produtos odontomédicos na Nato Otan, que qualifica a organização a comercializar seus equipamentos para organismos militares das 28 nações que integram a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) – vale destacar que os gastos militares combinados de todos os membros da Otan constituem mais de 70% dos gastos de defesa mundiais.


 

Ao longo de sua história, a empresa catarinense conseguiu as mais importantes certificações para a fabricação e comercialização de seus equipamentos.


 

ATENDIMENTOS A FACULDADES

A empresa catarinense é uma das principais fornecedoras para faculdades públicas e particulares de Odontologia do Brasil. Nos últimos 12 meses, foram mais de 1.500 conjuntos odontológicos instalados em 13 instituições. Um dos últimos atendimentos foi a instalação de 106 consultórios na Pontifícia Universidade Católica de Porto Alegre (PUCRS).

No entanto, um dos maiores fornecimentos para instituições de ensino aconteceu para o Departamento de Odontologia da Universidade Federal de Minas Gerais, com 217 novas cadeiras. “Um mercado tão competitivo e acirrado faz com que o diferencial de um profissional esteja diretamente ligado aos seus conhecimentos, experiências profissionais e especializações, através de cursos, aumentando a demanda pelo atendimento a instituições de ensino superior da Odontologia e as posteriores especializações”, finaliza Cleber Adir, diretor comercial da Olsen.

 

 

  • Imprimir
  • Indique a um amigo