Publicado em: 12/08/2019 às 07h36

Sobrape: do clássico à modernidade

O 28º Congresso Brasileiro de Periodontologia foi realizado no Rio de Janeiro e contou com mais de mil participantes.

  • Imprimir
  • Indique a um amigo
O 28º Congresso Brasileiro de Periodontologia foi realizado no Rio de Janeiro e contou com mais de mil participantes.


Assim como o conhecimento científico tecnológico, a Periodontia também vive um período de mudanças, ocupando um lugar cada vez mais importante no cenário odontológico – seja através da Periodontia Médica (inter-relação com diversas especialidades médicas), da Periodontia Estética (o papel da estética rosa na integração com a estética branca), do tratamento das doenças periodontais ou da participação no contexto dos implantes dentários.

Não se faz Odontologia com competência e qualidade sem a Periodontia. Neste cenário, a Sociedade Brasileira de Periodontologia (Sobrape) destaca-se ao longo de quase 50 anos como uma das mais importantes entidades científicas. Fundada em 6 de outubro de 1970, a partir de uma reunião com 50 dentistas de todo o Brasil na cidade do Rio de Janeiro, teve como um de seus idealizadores e primeiro presidente o saudoso Prof. Moysés Moreinos. Após alguns anos, a instituição foi transferida para São Paulo e desde 2010 está sediada em Belo Horizonte.

Para cumprir seus objetivos, a Sobrape está presente em todos os estados e no Distrito Federal através de representantes estaduais. Seu quadro de associados inclui desde alunos de graduação a professores e doutores de elevado conhecimento científico e renome internacional.

Em 1992, materializou-se o braço científico da Sobrape através da Revista Periodontia, publicada quase ininterruptamente durante todos estes anos – mas, a partir de 2015, seguindo uma tendência mundial, passou para o formato eletrônico, com site próprio, que está sendo reformulado.

Como não poderia deixar de ser, a entidade também marca presença nas principais redes sociais e possui website (http://sobrape.org.br). No entanto, sua atuação mais visível no meio científico é a realização bianual do Congresso Brasileiro de Periodontologia: um evento itinerante, que reúne profissionais de todo o território nacional, e conta com a presença de ministradores nacionais e internacionais. Um bom exemplo foi a 28a edição, realizada no último mês de maio no Rio de Janeiro, com cerca de mil participantes. Salas e auditórios lotados comprovaram o interesse e entusiasmo dos congressistas pela Periodontia. O próximo congresso já está sendo preparado para 2021 e será na cidade de Salvador (BA).

Atualmente, a Sobrape é membro internacional da Federação Europeia de Periodontologia (EFP), mas está em seus planos realizar acordos de cooperação com as principais sociedades de Periodontia do mundo. Com esta visão, está sendo implantado um acordo com a Sociedade Espanhola de Periodontia e Osseointegração (Sepa) e diversas outras negociações estão sendo feitas.

A nova diretoria, que assumiu em julho, é presidida pelo Dr. Sérgio Kahn e já está se movimentando para a realização de cursos e eventos científicos regionais, possibilitando a divulgação de novas técnicas a um maior número de cirurgiões-dentistas. Como uma sociedade agregadora, pretende aumentar os benefícios aos associados, seja através de educação continuada acessível ou por assumir o papel fundamental e informativo através de um canal de comunicação na sociedade brasileira. Neste sentido, o associado possui acesso facilitado a um canal no IDent e este ano a instituição lançou o livro Periodontia e Implantodontia Contemporânea pela Editora Quintessence Brasil.

  • Imprimir
  • Indique a um amigo