Publicado em: 12/08/2019 às 07h51

ITI Scholarship Program expande fronteiras dos cirurgiões-dentistas

Programa ajuda clínicos em treinamentos em Implantodontia e tratamentos correlacionados, além de proporcionar um intercâmbio internacional entre os profissionais.

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Desde 1998, o International Team for Implantology (ITI) tem suportado mais de 300 scholars oriundos de cerca de 50 países. Ao menos 20 cirurgiões-dentistas brasileiros já receberam a bolsa de estudos e tiveram a oportunidade de participar desse incrível programa em diversos lugares do mundo.

O principal objetivo do ITI Scholarship Program é ajudar clínicos em treinamentos em Implantodontia e tratamentos correlacionados, além de proporcionar um intercâmbio internacional entre os profissionais. Essa iniciativa enriquece a experiência educacional e auxilia no desenvolvimento de futuros líderes dentro do ITI. Claudia Riquelme, mestra em Laser e especialista em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, foi scholar em Toronto (Canadá) em 2007 e afirma que toda a seção daquele país a recebeu muito bem, se empenhando para que participasse do máximo de atividades. “Mesmo depois de ter voltado para o Brasil, continuo conectada aos meus mentores, regressando ao hospital durante as ITI Education Weeks como parte da equipe. Mas, somente depois de alguns anos compreendi, de fato, a repercussão que essa experiência traria à minha vida. Além do aprimoramento profissional, fiz amigos que se tornaram eternos”, relata.

Claudia Riquelme em uma ITI Education Week em Toronto (Canadá).

 

O ITI oferece até 25 bolsas de estudo (scholarships) por ano. O programa permite que os ITI scholars recebam treinamento em planejamentos de caso, cirurgias de implantes e restaurações sobre implantes. Em diversos centros de excelência do ITI (chamados de ITI Scholarships Centers), os alunos também participam de pesquisas e atividades educacionais. Leandro Nunes, doutor em Cirurgia Bucomaxilofacial e atual ITI communications officer, foi scholar em Bern (Suíça) em 2010, sob a tutoria do Prof. Daniel Buser, e teve a oportunidade de realizar um estudo prospectivo, além de participar de inúmeras cirurgias ao lado do então presidente do ITI. “O ITI Scholarship Program foi uma experiência que mudou minha vida, pois tive a oportunidade de aprender sobre regeneração óssea com um dos maiores nomes da Implantodontia. Ainda, pude ampliar meu network internacionalmente, o que acabou gerando inúmeros convites para palestras em diferentes países. Hoje, tenho muitos amigos de diversas nacionalidades que proporcionam excelentes trocas de conhecimento e culturas”, afirma.

 

Leandro Nunes (à direita) e Daniel Buser em Bern (Suíça).


Os ITI Scholarship Centers são escolhidos por suas habilidades em promover educação em diversas áreas da Implantodontia, de acordo com a filosofia do ITI, que inclui tratamentos baseados em evidências científicas e com senso de responsabilidade em relação aos tratamentos oferecidos aos pacientes. Luis André Mezzomo, pós-doutor em Prótese Dentária, foi scholar em Londres (Inglaterra) em 2008 e, nos 14 meses de imersão sob a orientação do Prof. Nikos Donos e a tutoria do Dr. Nikos Mardas, teve a chance de aprender muito sobre pesquisa clínica, revisões sistemáticas e pesquisas com animais de laboratório. “Além dos quatro artigos publicados em revistas internacionais reconhecidas e da expertise adquirida nas áreas de Implantodontia e Regeneração Tecidual Guiada, tive a oportunidade de atender muitos pacientes, ter contato com pesquisadores reconhecidos mundialmente e, acima de tudo, fiz amizades que duram até hoje com pessoas incríveis de várias partes do mundo”, destaca.

 

Luis André Mezzomo durante seu ITI Scholarship Program em Londres (Inglaterra).

 

Cada ITI Scholarship Center organiza seu próprio programa independentemente. Os candidatos devem analisar o programa dos diferentes centros e escolher os que mais atendem suas expectativas. Por exemplo, em Londres, o Eastman Dental Hospital é um hospital público de atendimento odontológico onde os alunos são todos de pós-graduação em nível de mestrado e doutorado. A parte de pesquisas em animais da University College London (UCL) é onde o célebre naturalista Charles Darwin fez os experimentos da Teoria da Evolução. Segundo Juliano Busetti, doutor em Endodontia, que foi scholar nessa instituição em 2009, a experiência serviu como um divisor de águas em sua vida clínica e de pesquisa. “Foi o melhor ano da minha vida”, sintetiza.

 

Juliano Busetti na ITI Scholarship Center de Londres (Inglaterra).


Em 2020, o Brasil receberá seu primeiro ITI Scholar Program, já que o Departamento de Prótese da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (Fousp) recentemente se tornou o primeiro ITI Scholarship Center no Brasil. O Prof. Newton Sesma será o coordenador do programa e relata que o scholar participará de diversas atividades de atendimento ao paciente, cirurgias de implantes, reabilitações sobre implantes, sempre baseadas em evidências científicas e suportadas pelos avanços que as tecnologias digitais podem oferecer.

 

Se você ficou interessado no ITI Scholarship Program, visite o site https://www.iti.org/The-Program e tire todas as suas dúvidas.
  • Imprimir
  • Indique a um amigo