INPN - O portal das revistas ImplatNews e PerioNews
 
Compartilhe  Compartilhe Twitter Imprimir Indique a um amigo
Publicado em: 12/12/2013 09h

Raspagem e alisamento radicular e da administração concomitante de amoxicilina e metronidazol

Análise crítica do artigo originalmente publicado no Journal of Periodontology.
Dr. Antonio Wilson Sallum, editor científico da revista, a presente coluna selecionou alguns artigos científicos publicados em periódicos de circulação internacional, fez a leitura crítica e traz comentários dos mesmos. Mais uma forma de ampliar nossos conhecimentos. Confira.

Zandbergen D, Slot DE, Cobb CM, Van de Weijden FA. The clinical effect of scaling and root planing and the concomitant administration of systemic amoxicillin and metronidazole: a systematic review. J Periodontol 2013;84(3):332-51.

Por que é interessante:
a utilização de raspagem e alisamento radicular é um componente essencial e efetivo dentro da abordagem inicial não cirúrgica para o tratamento da inflamação presente na periodontite, podendo também associar, no caso, a utilização de antibióticos sistêmicos à terapia. O objetivo da presente revisão foi avaliar criticamente a literatura disponível no que diz respeito aos efeitos clínicos da combinação de amoxicilina e metronidazol, como terapia coadjuvante à raspagem e ao alisamento radicular.

Desenho experimental: as bases de dados PubMed, Medline, Cochrane-central e Embase foram consultadas, além de estudos publicados que avaliaram o efeito da combinação entre a utilização de amoxicilina e metronidazol sistêmicos, em conjunto com raspagem e alisamento radicular no tratamento de periodontite. Um acompanhamento mínimo de quatro semanas foi exigido. As medidas de profundidade de sondagem, nível de inserção clínico, sangramento a sondagem e índice de placa foram selecionados como variáveis de resultado. Com base nos valores médios extraídos e número de indivíduos, as mudanças de média ponderada foram calculadas e uma meta-análise foi realizada.

Os achados: a busca resultou em 526 títulos e resumos. Ao final, 35 estudos foram selecionados, descrevendo 28 ensaios clínicos que atenderam aos critérios de elegibilidade. Foi observada uma melhora de 1,41 mm em relação à média profundidade de sondagem para a boca toda, e um ganho de 0,94 mm em relação ao nível de inserção clínica. O resultado dessa análise indica ainda que a adição de agentes antimicrobianos à abordagem mecânica pode reduzir a necessidade de retratamento, principalmente em sítios com profundidade de sondagem ≥ 7 mm antes do tratamento. Sob coordenação do Prof. 

Comentários: comparando-se o baixo custo de uma terapia antimicrobiana coadjuvante em relação a uma potencial reinstrumentação que, de acordo com os critérios de tomada de decisão vigentes, pode incluir cirurgia periodontal, os antibióticos despontam devido à possibilidade de aumentar a eficiência do cuidado em relação à doença periodontal. Limitações dos presentes estudos são evidentes, como a heterogeneidade entre eles somada a outros fatores adicionais, os quais devem ser levados em consideração na concepção de futuros estudos. Os autores procuraram ainda expressar a sua preocupação em relação à utilização não profissional, por exemplo, antimicrobianos associados à ausência de debridamento subgengival, o que potencialmente pode contribuir para o aumento mundial da resistência bacteriana aos antibióticos.

Unitermos: Amoxicillin; Metronidazole; Periodontitis; Root planing; Root scaling; Systematic review.

Revisado por: Ana Lívia Fileto Santana. Mestranda em Periodontia
– FOP-Unicamp.


E-mail
Cadastre seu e-mail e receba nossas Newsletters