INPN - O portal das revistas ImplatNews e PerioNews
 
Compartilhe  Compartilhe Twitter Imprimir Indique a um amigo
Publicado em: 19/12/2013 09h34

Os efeitos clínicos do laser de potássio-titanyl-fosfato e terapia fotodinâmica sobre a periodontite crônica.

Análise crítica do artigo originalmente publicado no Journal of Periodontology.
A cada edição da revista PerioNews, a equipe do Prof. Antonio Wilson Sallum promove a análise crítica de alguns dos artigos científicos de maior destaque publicados em periódicos de circulação internacional. Este é um deles. Confira!

Dilsiz A, Canakci V, Aydin T. Clinical effects of potassium-titanyl-phosphate laser and photodynamic therapy on outcomes of treatment of chronic periodontitis: a randomized controlled clinica trial. J Periodontol 2013;84(3):278-86.


Por que é interessante: estudos recentes têm demonstrado que o tratamento realizado com procedimentos coadjuvantes, como a irradiação laser ou terapia fotodinâmica (PDT), pode fornecer algum benefício adicional no tratamento da doença periodontal crônica. Assim, o objetivo deste ensaio clínico randomizado foi avaliar e comparar os efeitos clínicos do laser de potássio-titânio-fosfáto (KTP) e PDT sobre os resultados no tratamento da periodontite crônica.

Desenho experimental: 24 pacientes selecionados com periodontite crônica, os quais obedeceram a uma série de critérios de inclusão, foram tratados utilizando um desenho de estudo de boca dividida, no qual os dentes em cada quadrante foram tratados de forma aleatória por raspagem e alisamento radicular (SRP) somente (grupo A); PDT seguida por SRP (grupo B); ou laser KTP seguido por SRP (grupo C). Os parâmetros periodontais incluíram índice de placa, índice gengival, sangramento a sondagem (SS), profundidade de sondagem (PS) e nível clínico de inserção (CAL), que foram registrados no início do estudo e aos seis meses após a terapia. Dos dentes (total=144 dentes) incluídos para o estudo, 128 (89%) foram unirradiculares, e 16 (11%) foram multirradiculares.

Os achados: após a análise estatística, nenhuma diferença entre os parâmetros no baseline foi encontrada em todos os grupos. Todos os tratamentos promoveram melhoras significativas em termos de BOP, PD e CAL, comparando-se com os valores iniciais. O grupo C mostrou uma redução maior na PD e maior ganho de CAL, comparado aos outros grupos. Aos seis meses, a redução média PD deste grupo foi de 2,08 mm, sendo que a média de ganho de CAL foi de 2,42 mm.

Comentários: este estudo demonstrou que a irradiação do laser KTP foi eficaz como coadjuvante da terapia periodontal convencional, provavelmente atribuível a um efeito térmico, o que cria atividade antimicrobiana sem danificar os tecidos dentais. Os autores ressaltam uma difícil comparação significativa com vários estudos clínicos devido aos seguintes motivos: 1) grandes variações nos parâmetros do laser, como nível de energia (watts), tempo de exposição (segundos), pulsar contra energia de onda contínua, densidade de energia (joules por centímetro quadrado), distância da superfície, e o ângulo entre o tecido alvo e o ponto de fibra; 2) a notificação insuficiente de parâmetros que, por sua vez, não permitem o cálculo da densidade de energia, 3) diferenças no desenho experimental, 4) falta de controles adequados; e 5) diferenças na severidade da doença e em protocolos de tratamento, o que sugere então uma maior padronização para estudos futuros.

Unitermos: Chronic periodontitis; Laser therapy; Lasers, Solid-state; Periodontal debridement; Photochemotherapy; Photosensitizing agents.

Revisado por: Ana Lívia Fileto Santana. Mestranda em Periodontia – FOP-Unicamp.


E-mail
Cadastre seu e-mail e receba nossas Newsletters