INPN - O portal das revistas ImplatNews e PerioNews
 
Compartilhe  Compartilhe Twitter Imprimir Indique a um amigo
Publicado em: 06/06/2013 16h14

Bolsas periodontais residuais como indicadores de peri-implantite em pacientes com periodontite

Análise crítica do artigo originalmente publicado no Clinical Oral Implants Research.

A cada edição da revista PerioNews, a equipe do Prof. Antonio Wilson Sallum promove a análise crítica de alguns dos artigos científicos de maior destaque publicados em periódicos de circulação internacional. Este é um deles. Confira!

Cho-Yan Lee J, Mattheos N, Nixon KC, Ivanovski S. Residual periodontal pockets are a risk indicator for peri-implantitis in patients treated for periodontitis. Clin Oral Implants Res 2012;23(3):325-33.

Por que é interessante: as bolsas residuais têm alto valor preditivo para a perda de inserção em longo prazo na doença periodontal. Entretanto, esta relação entre bolsas residuais e peri-implantite ainda precisa ser confirmada. Este estudo retrospectivo teve o objetivo de comparar os resultados clínicos em longo prazo da terapia com implantes em pacientes periodontalmente comprometidos e periodontalmente saudáveis.

Desenho experimental: o grupo de pacientes periodontalmente comprometidos (PCP) contou com 30 indivíduos e 56 implantes instalados. O grupo de pacientes periodontalmente saudáveis (PHP) contou com 30 indivíduos e 61 implantes instalados. O grupo PCP foi estratificado em pacientes com bolsas residuais - RP (ao menos uma bolsa ≥ 6 mm) e sem bolsas residuais -
NRP. Os parâmetros avaliados foram profundidade de sondagem, sangramento a sondagem e perda óssea marginal.

Os achados: as médias de profundidade de sondagem foram semelhantes entre os dois grupos, porém, a prevalência de bolsas peri-implantares ≥ 5 mm com sangramento a sondagem foi maior no grupo PCP do que no PHP. O subgrupo RP apresentou maior média de profundidade de sondagem, mais perda óssea e maior prevalência de bolsas peri-implantares ≥ 5 mm com sangramento a sondagem, quando comparado ao NRP e ao grupo PHP.

Comentários: a semelhança na patogênese entre a periodontite e a peri-implantite pode justificar a alta incidência de peri-implantite e a baixa taxa de sucesso com implantes em pacientes periodontais. No entanto, este estudo demonstrou que pacientes sem bolsas residuais tiveram resposta clínica similar aos pacientes saudáveis, sugerindo que o mais importante não é a história prévia de periodontite, e sim a presença de bolsas profundas. Neste sentido, a qualidade do tratamento periodontal e um tratamento periodontal de suporte efetivo são determinantes para a redução do risco de peri-implantite.

Unitermos: Bone loss; Dental implants; Peri-implantitis; Periodontally compromised patients; Periodontitis.

Revisado por: Camila Camarinha da Silva Cirino. Mestranda em Periodontia - FOP-Unicamp.



E-mail
Cadastre seu e-mail e receba nossas Newsletters