INPN - O portal das revistas ImplatNews e PerioNews
 
Compartilhe  Compartilhe Twitter Imprimir Indique a um amigo
Publicado em: 2/20/2019 90h1

Publicação de pesquisadores na mídia internacional

O espaço Ciência Brasil é reservado para divulgar pesquisas publicadas por ortodontistas em periódicos internacionais. Confira a seguir duas dessas pesquisas.

Bergamo AZN, de Oliveira KMH, Matsumoto MAN, Nascimento CD, Romano FL, da Silva RAB, et al. Orthodontic appliances did not increase risk of dental caries and periodontal disease under preventive protocol. Angle Orthod 2018 Sep 21.

RESUMO

Objetivo: avaliar parâmetros periodontais e níveis de espécies microbianas após a colocação de aparelhos ortodônticos em pacientes que receberam instruções de higiene bucal, além de terem sido monitorados e motivados durante todo o estudo.

Material e métodos: foi registrado o índice periodontal e a coleta de saliva foi realizada antes (T0), 30 (T1), 60 (T2) e 90 (T3) dias após a colocação do aparelho ortodôntico em 15 pacientes (idade média 17,53 ± 8 anos). Também foi feita a análise estatística não paramétrica.

Resultados: o índice periodontal não foi alterado. A quantidade total dos complexos roxo e vermelho e espécies de Candida mostraram uma diminuição significativa em relação ao T2. Os complexos verde, amarelo e laranja mostraram uma diminuição significativa no T3. A análise específica das espécies revelou que Prevotella nigrescens, Pseudomonas putida, Fusobacterium periodonticum, Pseudomonas aeruginosa, Peptostreptococcus anaerobius e Tannerella forsythia apresentaram alta incidência antes da colagem, e seus níveis diminuíram em T2 e T3. Apenas Porphyromonas gingivalis apresentou níveis aumentados em T2 e o nível mais alto em T3. O grupo Streptococcus diminuiu seus níveis de T2 em diante.

Conclusão: foi identificada uma mudança dinâmica nos níveis microbianos. A diminuição dos níveis de complexos presentes só foi possível devido ao método mecânico de higiene bucal implementado nesta amostra.

 

Barbosa NMV, Conti ACCF, Capelozza-Filho L, Almeida-Pedrin RR, Cardoso MA. Reliability and reproducibility of the method of assessment of midpalatal suture maturation: A tomographic study. Angle Orthod 2018 Sep 19.

RESUMO

Objetivo: analisar a confiabilidade e a reprodutibilidade da avaliação individual da maturação da sutura palatina mediana na tomografia computadorizada, entre ortodontistas e radiologistas, para potencial aplicação no diagnóstico.

Material e métodos: foram selecionados 60 cortes axiais de tomografia computadorizada de feixe cônico e tomografia computadorizada com múltiplos cortes de pacientes entre 11 e 21 anos (33 mulheres e 27 homens). Para a investigação da confiabilidade e reprodutibilidade do método, dois grupos de examinadores foram estabelecidos. O primeiro grupo consistiu em 11 ortodontistas e o segundo consistiu em dez radiologistas. Cada grupo examinou as imagens e realizou avaliação individual do método de maturação da sutura palatina mediana duas vezes em um intervalo de 21 dias. Durante a primeira e segunda análises, a sequência de imagens foi randomizada para reduzir o viés potencial. O índice kappa de Cohen ponderado foi realizado para avaliar a concordância inter e intraexaminadores. Foram calculados a porcentagem de concordância perfeita e o número de estágios separados para cada discordância. O nível de significância foi p < 0,05.

Resultados: a concordância entre examinadores foi satisfatória na primeira (kappa: 0,37) e na segunda análises (kappa: 0,34). Os resultados da concordância intraexaminador foram semelhantes entre ortodontistas (kappa: 0,44) e radiologistas (kappa: 0,41). A porcentagem de concordância perfeita foi de 43,2%.

Conclusão: o método para avaliação individual da maturação da sutura palatina mediana revelou confiabilidade e reprodutibilidade potenciais. No entanto, a taxa de concordância observada no presente estudo não foi alta o suficiente para um método projetado para aplicações clínicas de rotina.

 

 

 Coordenação de conteúdo:


Marcio Rodrigues de Almeida

Mestre, doutor e pós-doutor em Ortodontia pela Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB/USP); Minirresidência em Ortodontia na Universidade de Connecticut, EUA; Professor do curso de mestrado/doutorado em Ortodontia da Unopar, Londrina/PR.

Assuntos Relacionados:
Ciência Brasil; pesquisadores; artigos; estudos; Márcio Almeida


E-mail
Cadastre seu e-mail e receba nossas Newsletters