INPN - O portal das revistas ImplatNews e PerioNews
 
Compartilhe  Compartilhe Twitter Imprimir Indique a um amigo
Publicado em: 20/03/2018 14h34

Utilização da membrana de PTFE denso intencionalmente exposta após exodontias

Em sua apresentação, Ulisses Dayube detalha o procedimento, desde o planejamento até a sutura.

A perda do dente ocasiona modificações locais crônicas, progressivas e cumulativas que repercutem em todo o sistema estomatognático. As técnicas de regeneração óssea guiada podem minimizar as alterações do complexo dentomucoalveolar. 

Em algumas situações clínicas, elas são indispensáveis para a obtenção de um resultado estético satisfatório. Para isso, o implantodontista deve conhecer as bases biológicas da perda óssea alveolar e da regeneração óssea guiada, bem como suas indicações e limitações. 

A preservação alveolar com a técnica da regeneração óssea guiada baseia-se na exclusão de células indesejáveis no espaço preenchido pelo coágulo sob a membrana, para a invasão de vasos sanguíneos e células osteoprogenitoras, protegendo a reparação óssea. As membranas de PTFE denso possuem características que conduzem requisitos biológicos, mecânicos e de uso clínico para servirem como barreira contra a invasão de células indesejáveis.

Confira a íntegra da conferência (conteúdo exclusivo para assinantes):


A apresentação faz parte do acervo de conteúdos do PCP - Programa de Crescimento Profissional, um programa de atualização científica continuada que oferece acesso a conteúdo em vários formatos de atualização, como videoaulas, entrevistas, e-books, conferências e mais de 500 artigos científicos selecionados.

O acesso ao vídeo é exclusivo para os assinantes do programa. Para conhecer melhor o PCP, basta acessar www.inpn.com.br/pcp ou entrar em contato com nosso Serviço de Atendimento ao Leitor (sal@vmculturaleditora.com.br), WhatsApp (11) 95371-7780, tel. (11) 3566-6200 ou ligue grátis para 0800-0143080.



E-mail
Cadastre seu e-mail e receba nossas Newsletters