INPN - O portal das revistas ImplatNews e PerioNews
 
Compartilhe  Compartilhe Twitter Imprimir Indique a um amigo
Publicado em: 10/8/2018 12h49

Consenso 2018: evolução dos biomateriais em evidência

Encontro reuniu destacados pesquisadores brasileiros e definiu diretrizes que vão impactar na rotina de implantodontistas, periodontistas e protesistas.


Inovação e evolução marcaram as discussões sobre os biomateriais ao longo do Consenso 2018 – 4o Simpósio sobre Biomateriais em Implantodontia e Periodontia.

O encontro foi realizado no Palácio das Convenções do Anhembi, em São Paulo, nos dias 4 e 5 de outubro, e reuniu os pesquisadores brasileiros que figuram no topo da cadeia de desenvolvimento de biomateriais.

Em quatro mesas-redondas, eles discutiram temas de grande impacto na rotina clínica de implantodontistas, periodontistas e protesistas, como o comportamento “imunobiológico” dos materiais de implante, a reconstrução dos tecidos moles periodontais e peri-implantares, o aumento ósseo vertical e horizontal do rebordo alveolar e preservação alveolar.

“Além de definir diretrizes para os clínicos poderem trabalhar, ficou evidente que temos excelentes pesquisadores no Brasil”, aponta Paulo Rossetti, coordenador científico do Consenso 2018. “Vimos nesses dois dias muitos biomateriais novos, produzidos nas universidades brasileiras, muitas vezes com colaboração internacional.”

De acordo com Rossetti, a evolução dos materiais é outro aspecto que deve ser ressaltado, já que atualmente eles podem ser produzidos de maneira mais uniforme e mais homogênea, com melhor custo-benefício e resposta biológica.

“São materiais de ponta, como os smart materials, e com um grande diferencial que é aplicabilidade clínica dirigida”, explica.

Por fim, a quarta edição do Consenso também ficou marcada como um importante balizador para o amadurecimento de técnicas cirúrgicas e tratamentos, bem como para o segmento de forma geral.

“Os congressistas tiveram contato com informações atuais sobre o estágio em que se encontram as formas de tratamento para os diferentes desafios clínicos de suas especialidades”, assinala Élton Zenóbio, presidente do Consenso 2018.



E-mail
Cadastre seu e-mail e receba nossas Newsletters