INPN - O portal das revistas ImplatNews e PerioNews
 
Compartilhe  Compartilhe Twitter Imprimir Indique a um amigo
Publicado em: 2/28/2019 34h2

Documentário polêmico sobre tratamento endodôntico é retirado do catálogo da Netflix

Filme “A Raiz do Problema” gerou protestos entre cirurgiões-dentistas ao associar o tratamento endodôntico a problemas como câncer e doenças autoimunes.
Documentário deixou o catálogo da Netflix nesta semana. (Imagem: divulgação)

 

O documentário Root Cause (no Brasil divulgado como “A Raiz do problema”), que faz uma controversa associação entre o tratamento endodôntico, câncer e doenças autoimunes, foi retirado nesta semana do catálogo da Netflix.

O polêmico filme gerou protestos nas redes sociais entre especialistas e mobilizou diversas entidades como a American Dental Association (ADA) e a American Association of Endodontists (AAE), além da Associação Brasileira de Odontologia (ABO) e o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (Crosp). A imprensa internacional deu destaque para a inconsistência científica do filme.

Nas redes sociais, os produtores do filme se defendem dos ataques que sofreram por inúmeros especialistas. “É inconcebível e sem precedentes que a AAE e a ADA tentem censurar nossa liberdade de expressão. O que eles estão querendo esconder?”

O material foi dirigido pelo cineasta Frazer Bailey e narra a história de um homem que busca a causa subjacente de suas doenças crônicas durante 10 anos. Segundo o filme, seu problema de saúde está diretamente associado ao tratamento endodôntico realizado no passado. Além disso, o documentário afirma de maneira contundente, mas sem comprovação consistente, que o tratamento endodôntico seria o responsável por problemas mentais e cardíacos, ataques de pânico, fadiga, infecções nos rins, na bexiga e artrite.

O documentário foi adicionado ao acervo da plataforma Netflix no início de 2019 e ficou disponível aos assinantes por quase dois meses.

 

 

 



E-mail
Cadastre seu e-mail e receba nossas Newsletters