INPN - O portal das revistas ImplatNews e PerioNews
 
Compartilhe  Compartilhe Twitter Imprimir Indique a um amigo
Publicado em: 20/08/2012 14h33

Britânicos estudam restrições a procedimentos odontológicos estéticos

Numa reação ao escândalo dos implantes de silicone PIP, governo britânico estuda nova legislação que pode afetar utilização de clareadores dentais e até mesmo implantes odontológicos.

Numa reação ao escândalo dos implantes de silicone PIP, no qual milhares de mulheres receberam implantes mamários de material de baixa qualidade, os britânicos decidiram rever as regras para a realização de procedimentos estéticos. O Diretor do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido, Bruce Keogh, está coordenado o grupo que faz a avaliação da legislação. Seu relatório de recomendações ao governo será publicado em março de 2013.

Além dos implantes mamários, envolvidos no centro da discussão, essa avaliação deve afetar as regras para toxina botulínica e preenchedores dérmicos. Tratamentos odontológicos estéticos também podem ser afetados, como o clareamento dental e até mesmo os implantes odontológicos.

"Estou preocupado, pois muitas pessoas não percebem o quão séria é a cirurgia estética e não consideram as implicações que podem ter ao longo da vida. É por isso que vou reunir esta comissão de análise, para fazer recomendações ao governo sobre como podemos proteger melhor as pessoas que optam por uma cirurgia ou intervenções cosméticas", finaliza Bruce Keogh.

"Nos últimos anos temos visto um crescente interesse do paciente em tratamentos que melhoram a sua aparência, bem como a sua saúde. Isso não é surpreendente", comenta Martin Fallowfield, presidente do Comitê Executivo da Britsh Dental Association.


 



E-mail
Cadastre seu e-mail e receba nossas Newsletters