INPN - O portal das revistas ImplatNews e PerioNews
 
Compartilhe  Compartilhe Twitter Imprimir Indique a um amigo
Publicado em: 14/02/2014 10h26

Perfil econômico – a prática da prótese nos EUA (2007-2010)

Paulo Rossetti comenta o resultado do questionário econômico obtido na American Dental Association.
Os Estados Unidos da América é um país com um mercado consumidor interno gigantesco, formado não apenas pelos seus cidadãos, mas também pelos milhares de turistas que comparecem anualmente.

Nesta semana, tive acesso aos dados apresentados pelo American College of Prosthodontists. Através de um questionário simples, diversos pontos relacionados à prática e honorários estabelecidos foram coletados e comparados nos anos 2007 e 2010.

A American Dental Association estimou que, em 2011, 2.720 protesistas atuaram em clínica particular nos EUA, sendo que 2.600 são membros do colegiado de prótese. Mesmo que os números na tabela abaixo representem apenas quase 10% da academia, por curiosidade, comparem os dois cenários individualizados para cada protesista/ano e façam a conversão em reais:


Obviamente, ainda existem outros dados interessantes. O protesista gasta seu tempo em seis modalidades básicas que respondem a 23% das contas totais: prótese fixa (21%); prótese sobre implantes (18%); próteses totais, restaurações, diagnóstico e próteses removíveis, o número de protesistas em carreira solo diminuiu de 65% para 57%, e o tempo médio de consulta é 60 minutos. As despesas com técnicos de laboratório internos e externos caíram 86% e 29%, respectivamente. O número de pacientes se mantém estável desde 2000.

Dois pontos chamaram bastante a atenção na preocupação com a carreira: 1) os protesistas com maior capacidade de ganho estão na faixa dos 50-60 anos de idade e, 2) com a crise econômica, o poder de compra do protesista diminuiu 8,4% ao ano, no período analisado.
Importante: os pacientes ainda continuam com a maior fonte de propaganda e chance de atração de novos clientes e ganhos.

Boa semana a todos! 

Paulo Rossetti é editor-científico da revista ImplantNews. Cirurgião-dentista, mestre e doutor em Reabilitação Oral - FOB/USP.



E-mail
Cadastre seu e-mail e receba nossas Newsletters