INPN - O portal das revistas ImplatNews e PerioNews
 
Compartilhe  Compartilhe Twitter Imprimir Indique a um amigo
Publicado em: 25/10/2017 12h19

As próximas transformações necessárias na Odontologia brasileira

No Dia do Dentista, o editor-científico Paulo Rossetti faz uma reflexão sobre o futuro da profissão.
Para Paulo Rossetti, os profissionais de Odontologia não podem perder o bonde da história. (Imagem: Shutterstock)

 

Definitivamente, somos uma profissão em transformação. Há algum tempo, bastava fazer a graduação e uma especialização. Há algum tempo, a informação – e seu domínio – estava concentrada em faculdades federais e estaduais. Há algum tempo, nossos pacientes simplesmente não tinham tanto acesso ao que fazíamos.

Mas, isto foi há algum tempo. Hoje, a tendência é que este “algum tempo atrás” seja mensurado em horas ou minutos. E é aí que nós não podemos perder o bonde da história. E, quando eu digo “nós”, me refiro a cada pessoa envolvida de alguma forma com a Odontologia brasileira.

Neste momento, as próximas transformações parecem apontar para três direções:

  1. É preciso mudar alguns aspectos da grade curricular básica: por exemplo, disciplinas como “psicologia do paciente do século 21”, “administração financeira contemporânea” e “marketing” passariam à obrigatoriedade nacional. A recente crise econômica mostrou que estes são itens de sobrevivência na nossa profissão. O estudante ganharia muito analisando os cases de sucesso e de fracasso.
  1. Outro ponto importante é permitir que a grade curricular proporcione a chance de “minirresidências” obrigatórias em laboratórios de Prótese, para compreender e incorporar melhor os rumos da tecnologia digital. Ainda, formatos EAD desenvolvidos pelas empresas CAD/CAM do mercado poderiam servir como complementos.
  1. Também será preciso investir mais na compra de máquinas de simulação háptica (sensibilidade tátil). Seguramente, o profissional iria melhor preparado para a fase clínica. Por exemplo, na Implantodontia, com a evolução da programação, o cirurgião brincaria com uma vasta biblioteca virtual de tipos de densidades ósseas e desenhos de implantes.


Aí sim, em um futuro não muito distante, alguém estará escrevendo aqui: “há algum tempo...”

Parabéns a todos! Feliz dia do Cirurgião-Dentista!

 

Paulo Rossetti é editor-científico da revista ImplantNewsPerio. Cirurgião-dentista, mestre e doutor em Reabilitação Oral - FOB/USP.


E-mail
Cadastre seu e-mail e receba nossas Newsletters