INPN - O portal das revistas ImplatNews e PerioNews
 
Compartilhe  Compartilhe Twitter Imprimir Indique a um amigo
Publicado em: 15/08/2012 18h03

O desempenho profissional e o relacionamento com seu auxiliar

Paulo Rossetti adverte: atenção para o efeito dominó provocado por comentários mal colocados que mudam o humor de toda equipe.

O que Lennon e McCartney, Jagger e Richards, Roberto e Erasmo possuem em comum? Além do gosto pela música e dos anos de estrada, muita sintonia. Na mesma sala, você trabalha com outro colega ou uma auxiliar? Os dois? Possui um time à sua disposição?

A criação dos cursos para Auxiliar de Saúde Bucal é uma conquista. Ao seu dispor, uma profissional capacitada. Obviamente, dependendo da sua especialidade (Implantodontia), será necessário treinamento adicional, mas você não parte do "bê-á-bá".

Pense: sobrará mais tempo para você se aprofundar no planejamento dos casos. Lembre-se: a sua auxiliar funciona como uma ponte entre você e o paciente.

Entretanto, atenção para o "efeito dominó": comentários ou frases mal colocadas se tornam transtornos e mudam o humor da equipe, principalmente nos tratamentos extensos. Todo técnico de um time vencedor possui uma tática que se ajusta conforme o comportamento dos adversários. Sua auxiliar deve realmente se sentir parte do processo.

Vamos quantificar o relacionamento com a auxiliar? Este teste leva apenas 20 segundos.

Até a próxima semana!

Paulo Rossetti é editor-científico da revista ImplantNews. Cirurgião-dentista, mestre e doutor em Reabilitação Oral - FOB/USP; Professor,
Graduação e Pós-graduação da Disciplina de Implantodontia - Universidade do Sagrado Coração - USC/SP; Membro ITI
(International Team for Oral Implantology).


E-mail
Cadastre seu e-mail e receba nossas Newsletters