INPN - O portal das revistas ImplatNews e PerioNews
 
Compartilhe  Compartilhe Twitter Imprimir Indique a um amigo
Publicado em: 13/04/2018 09h21

Implantodontia, Periodontia e Ortodontia: o que vem primeiro?

Marco Bianchini ressalta que as especialidades podem andar juntas e otimizar os tratamentos.

A inter-relação da Ortodontia com a Periodontia e a Implantodontia é um assunto que frequentemente eu volto a abordar aqui neste espaço. Entra ano, sai ano e esse tópico parece martelar na minha cabeça. Isso provavelmente ocorre por eu trabalhar com a minha mulher, que é ortodontista e, assim como na nossa casa, me cobra melhores resultados dos casos que eu encaminho a ela. Geralmente, tomo uma bronca por demorar tanto a encaminhar os meus pacientes periodontais para ela. A justificativa é que o resultado do meu tratamento periodontal poderia estar bem melhor se uma Ortodontia tivesse sido realizada antes ou, pelo menos, durante a abordagem periodontal.

Como sempre, me vejo obrigado a dar razão à minha esposa ortodontista, pois um fator que contribui para a doença periodontal é a má posição dentária. Dentes com forma e alinhamento apropriados protegerão suas estruturas de suporte durante a função normal e são receptivos a controle de placa mais efetivo. Contornos e inclinações axiais corretos permitem ação detergente normal da mastigação e limpeza pelos lábios, língua e bochechas. Contatos proximais corretos e relações com a crista marginal dos dentes adjacentes fornecem apropriado espaço interproximal, proteção da papila interdental e também facilitam o controle de placa.

Dentes mal posicionados ou rotacionados podem ser predisponentes a um colapso periodontal mais rápido quando as raízes são muito próximas umas das outras, resultando em um septo interproximal delgado. Um dente rotacionado pode ter uma porção da raiz fora do nicho alveolar e há grande possibilidade de tal dente apresentar uma deiscência ou fenestração.

Na Implantodontia, as desarmonias oclusais e de posicionamento geral dos dentes dificultam sobremaneira a colocação dos implantes em posições proteticamente favoráveis, dificultando a confecção da prótese final. Embora todos nós saibamos disso, o número de pacientes tratados ortodonticamente antes da colocação dos implantes ainda é pequeno.

Além de todas essas vantagens, o tratamento ortodôntico pode combater diretamente as perdas ósseas periodontais com resultados promissores. A diminuição do defeito ósseo por aproximação dos dentes às paredes ósseas envolvidas é a melhor indicação dos movimentos ortodônticos. Na terapêutica periodontal, tem como finalidade tanto harmonizar a oclusão quanto a distribuição das forças mastigatórias pelas estruturas de suporte, restabelecendo os padrões ósseos, dentários, funcionais e os estéticos, comprometidos pela presença das lesões ósseas avançadas nos tecidos de sustentação dos dentes.

Assim, esses recursos ortodônticos, representados pela movimentação, intrusão, extrusão, desinclinação e rotação podem ser executados antes, concomitantes e após os procedimentos básicos. Isso acontece porque os defeitos ósseos presentes podem ser diminuídos durante essa atuação. Podemos, também, estender essas afirmações para o planejamento em Implantodontia, em que os implantes, se já estiverem colocados, poderão até servir como ancoragem ortodôntica. Dessa forma, a aproximação dental – e a consequente diminuição do defeito e também a abertura de espaços para implantes – criam um ambiente bucal favorável à manutenção da saúde, e receptivo aos demais tratamentos que se fizerem necessários. No meu caso, além desses benefícios aos pacientes, o tratamento ortodôntico também influencia no casamento, que fica mais harmonioso...

Colaborou: Dr. José Moisés de Souza Júnior.

 

Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês', diz o Senhor, 'planos de fazê-los prosperar e não de causar dano, planos de dar a vocês esperança e um futuro. (Jeremias 29:11)

 

 
   


Marco Bianchini

Professor associado II do departamento de Odontologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); autor dos livros "O Passo a Passo Cirúrgico na Implantodontia" e "Diagnóstico e Tratamento das Alterações Peri-Implantares".

Contato: bian07@yahoo.com.br

 



E-mail
Cadastre seu e-mail e receba nossas Newsletters