PróteseNews 2017 | V4N1 | Páginas: 30-40

Novo componente de transferência para implantes. Estudo in vitro

New transfer component for dental implants. In vitro study

Autor(es):

Djalma Pereira Nunes Filho1
Paulo Sérgio Perri de Carvalho2
Eduardo Vedovatto3

1Especialista em Prótese Dental – Unip; Mestre em Implantodontia – Unesp, Araçatuba.
2Professor doutor livre-docente em CTBMF – Unesp, Araçatuba.
3Mestre e doutor em Prótese Dental – Unesp, Araçatuba.

Resumo:

Os autores avaliaram, em um microscópio eletrônico de varredura (MEV), a precisão da moldagem de transferência de implantes de hexágono externo por meio de um novo modelo de transferente, comparando-o com a técnica do transferente quadrado. Foram realizadas 40 moldagens, 20 com componente de transferência quadrado (grupo-controle) e 20 com o componente de transferência implant smart transfer – IST (grupo-teste), a partir de um modelo acrílico padronizado com três réplicas de implantes de hexágono externo posicionados na região posterior, simulando uma condição clínica em mandíbula. Uma estrutura metálica padrão em liga de titânio foi parafusada sobre os análogos dos modelos obtidos sob torque de 10 Ncm. Foram realizadas leituras na face vestibular e na face lingual do conjunto análogo/estrutura padrão, tendo a posição central como ponto de eleição. Os resultados foram analisados estatisticamente (p-valor=0,05) e, embora tenham havido diferenças médias entre os grupos, as mesmas não foram estatisticamente significantes. Foi possível concluir que não existe diferença na precisão das moldagens de implantes realizadas com componente de transferência quadrado e o modelo implant smart transfer para prótese parcial fixa.

Unitermos:

Implante dentário; Material para moldagem odontológica; Técnica de moldagem odontológica.

Abstract:

The authors evaluated by scanning electron microscopy (SEM), precision impression transfer of external hex implants through a new transfer model by comparing it with the technical square transfer. Fourty impressions were made; 20 with square transfer component (control) and 20 with the IST transfer component (test) from a standard acrylic model with three external hexagon implant replicas positioned in the posterior region simulating a clinical jaw condition. A titanium framework was screwed onto the implant analogs with a 10 Ncm torque. Three measurements were performed on the buccal aspect and three on the lingual surface, with the middle position as election point. The results were analyzed statistically (p=0.05), although there have been average differences between the groups, they were not statistically significant. It was concluded there was no difference in the accuracy of impression made with square transfer component and implant smart transfer model for fixed partial dentures.

Keywords:

Dental implant; Dental material for impression; Dental impression technique.