Publicado em: 11/04/2019 às 17h31

Colhendo os frutos da tecnologia

O editor científico Marco Antonio Bottino destaca a discussão de alto nível sobre a importância do sistema cerâmico e de sua penetração no mercado odontológico.

O desenvolvimento tecnológico proporcionou uma revolução marcante na Odontologia de modo geral – e na Prótese Dentária não foi diferente. A partir dos avanços viabilizados pelos sistemas CAD/CAM, os materiais dentários têm sido alvo de constantes estudos e melhorias, tornando-se capazes de solucionar desafios estéticos, de estabilidade e de durabilidade.

Um dos materiais mais analisados, sem dúvida, é a zircônia, que ganhou a simpatia de protéticos e protesistas devido às características óticas e mecânicas, que vão desde excelente resistência e biocompatibilidade até mimetização. Estudada desde a década de 1990, a zircônia já passou por alguns processos de evolução e melhoria – atualmente está em sua quarta geração. Hoje, é amplamente utilizada para a confecção de próteses fixas e sobre implantes, além de restaurações unitárias e múltiplas. Entretanto, ela ainda apresenta algumas limitações.

Tendo em vista a importância desse sistema cerâmico e de sua penetração no mercado odontológico, planejamos nesta edição da PróteseNews uma discussão de alto nível sobre o assunto. Convidamos pesquisadores e clínicos que atuam nas áreas de Materiais e Prótese Dentária para que eles expusessem suas experiências e compartilhassem esse conhecimento com nossos leitores. O resultado você aprecia nas próximas páginas.

Boa leitura!

 

Marco Antonio Bottino

Editor científico da revista PróteseNews